sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

A lenda dos 1000 tsurus, lida pela Eduarda e pelo Pedro

tsuru...um grito pela PAZ!

Na semana em que lembramos as vítimas do Holocausto - Dia Internacional da Lembrança do Holocausto - alunos de diferentes turmas deram a conhecer a lenda dos 1000 tsurus a toda a Comunidade Escolar. Acompanhados pelos Professores Filomena, Graça, Helga, Isabel e Marco, os alunos construíram inúmeros tsurus que expuseram no átrio do Bloco B, tocaram e leram  - em voz alta - a história originária da lenda dos tsurus. Alguns Professores juntaram-se também a este grito pela PAZ, lendo pequenos textos de Primo Levi ou de Sophia de Mello Breyner Andresen. 
O intervalo da manhã de ontem, na sala dos professores, prolongou-se com a lembrança de uma História que não queremos esquecer!



Dia da Leitura em Voz Alta


quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Semana da Leitura em Voz Alta

Em Semana da Leitura em Voz Alta, ensaios de "uma declaração de amor à língua portuguesa".




Recordando as tradições na Biblioteca Escolar


Na Biblioteca Escolar de Caldelas, recebemos a visita de uma ilustre conterrânea, a Dr.ª Gracinda Sousa.

Os alunos do 4.º ano prepararam tudo com antecedência. Na semana anterior à data combinada, a Professora Bibliotecária leu um excerto da obra Dourada, a Fogaça Encantada, da autoria de Gracinda Sousa. Também mostrou alguns livros desta escritora, existentes na biblioteca. Na sala de aula, a turma do 4.º ano estruturou uma entrevista e ensaiou uma apresentação com a Professora Titular Mafalda.

No dia 22 de janeiro, a Dr.ª Gracinda foi surpreendida pelas quadras que lhe foram dedicadas e pela entrevista conduzida pelos alunos. Deu continuidade à história da Dourada e dialogou sobre as tradições, os factos históricos, a simbologia das insígnias… envergando o traje da Confraria das Fogaças.

Obrigada pelo empenho de todos na concretização deste encontro que fomentou os laços da nossa identidade cultural.

PB Ana Gouveia



domingo, 26 de janeiro de 2020

CNL - obras selecionadas



Em A Cruzadas das Crianças, Afonso Cruz - pela voz das crianças - interpela os leitores adultos a ouvirem as reclamações de milhares de crianças que, sob a forma de cruzados, saem à rua para reclamar os sonhos que os adultos se esqueceram de continuar a sonhar e de pedir a justiça em que há muito parece terem deixado de acreditar. Esta história desafia-nos a revermos o cinismo, a descrença e a inércia com que tantas vezes olhamos para o mundo que nos rodeia e a contribuirmos para sermos parte de uma mudança, que se torna necessária e urgente.

Dulce Maria Cardoso dá início a esta história a partir de Luanda, onde se dá o processo de descolonização que obriga milhares de brancos a voltarem para Portugal. É na voz de Rui, um adolescente de 15 anos, que viajamos até à Luanda e à Lisboa de 1975, numa narrativa emocionante sobre O Retorno de mais de meio milhão de retornados ao nosso país. Um regresso marcado pela ausência do pai de Rui, pela fragilidade da sua mãe, com a necessidade de acreditar que o pai vai voltar, pelas lágrimas de uma miúda que é apalpada por ser retornada, ou pela amizade entre o puto e o porteiro do hotel (onde viveu com a sua família por mais de um ano) que lhe oferece uma bicicleta velha.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Encontro ERASMUS

É já AMANHÃ o nosso encontro Erasmus, na biblioteca escolar, pelas 21h. Convidamos todos os alunos, encarregados de educação e restante comunidade educativa a juntarem-se a nós, para partilharmos a experiência fantástica na Lituânia. 
Não vão querer perder!! Contamos com a vossa presença! 


quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

BOAS FESTAS!

"O Natal não é uma coisa automática, não é uma coisa que se tira das nossas caixas e coloca de novo e ele acontece automaticamente, imprevistamente. Não, o Natal prepara-se. Este encontro tem de ser, de facto, um encontro com a nossa vida".
|Tolentino Mendonça|

A Equipa das Bibliotecas Escolares deseja-vos um
Feliz Natal e um próspero Ano Novo (também em leituras!